Debate: postar fotos no Instagram só vale se forem feitas com smartphone ou não?

Como fotógrafa, internauta-quase-24horas e geek assumida, sempre ouvi falar do Instagram, mesmo antes de tê-lo. Como tenho um aparelho com sistema operacional Android, faço parte da turma que teve que esperar eras para “brincar” com o aplicativo, uma vez que em seus primórdios ele só estava disponível para aparelhos da Apple.

Quando finalmente saiu a versão do Android, fui correndo baixar, testar, experimentar. Com o tempo, fui ficando um pouco decepcionada. Não com o programa em si, mas com os usuários. Inocente, eu ficava maravilhada com as fotos que eram ali publicadas. Ficava pensando “que aparelho celular será que essa pessoa tem, que faz fotos com qualidade tão excelentes?”Até que me dei conta de que estava caindo numa pegadinha. Muitas dessas fotos foram feitas por fotógrafos com câmeras digitais e posteriormente postadas no aplicativo.

Do meu ponto de vista, o objetivo do programa era tirar uma foto com seu aparelho móvel e publicar, mostrar aos seus amigos algo instantâneo, uma cena ou situação que você está vendo e quis registrar, mas tendo como acréscimo algumas ferramentas (filtros) pra deixar a foto visualmente mais interessante. E a minha decepção veio por perceber que as pessoas estava usando aquele canal muito mais como um portfólio, exibindo fotos feitas por câmeras digitais avançadas.

No meu pensamento, essa é uma desvirtualização do objetivo.  Se enquadra no mesmo quesito dos usuários do facebook reclamarem da chegada dos usuários do Orkut. É mudar, de modo negativo, o objetivo de se usar determinado programa. Quando o Instagram foi liberado para Android, os adeptos do iPhone disseram que o Instagram iria orkutizar. Mas a “orkutização do Instagram” pra mim é muito mais você mudar as regras do jogo do que qualquer outra coisa. Pode ser exagero, mas vejo isso como uma enganação aos seus seguidores.

Nos últimos tempos, tenho notado que isto está cada vez mais frequente. Talvez por eu ser fotógrafa, ter muitos amigos na área e consequentemente seguir muitos fotógrafos no Instagram, isso esteja sendo mais visível pra mim. Parei por uns dias pra analisar se eu é que interpretei o programa de forma errônea. Às vezes o objetivo dos criadores do aplicativo era que as pessoas postassem fotos de maneira geral, fotografados por qualquer meio, e eu é que estava sendo restrita demais.

Fui buscar notícias em sites e blogs, artigos escritos por usuários do programa, pra ver o que pensavam. E aí notei o seguinte texto no site do próprio aplicativo: “Tire a foto com seu iPhone, escolha um filtro para melhorar a imagem e envie-a para o Facebook, Twitter ou Tumblr…”. Descrição na loja da Apple: “ Transforme momentos casuais em trabalhos artísticos que você vai querer compartilhar com seus amigos….”. Descrição no Google Play (loja Android): “Escolha um de nossos vários incríveis filtros para dar uma nova vida à suas fotos de celular. Transforme momentos do dia-a-dia…”

O meu pensamento sempre foi muito simples: se fosse pra postar fotos feitas em qualquer outro dispositivo, o Instagram seria um aplicativo disponível também para desktops, algo como o Picasa, por exemplo, onde vc faz suas fotos, passa pro computador, coloca um filtro e joga nas redes sociais. O fato de o programa existir somente para aplicativos móveis me dá a ideia de que o objetivo seja postar fotos feitas com aplicativos móveis. Simples! E comprovado pelo próprio texto descritivo no site do programa.

Ou seja, você não vai postar as fotos feitas em RAW com sua DSLR e editadas no Lightroom. A proposta é “tirar foto de momentos casuais com seu smartphone, escolher um filtro e postar nas redes sociais. A fotografia linda que você fez no casamento do cliente, editou no Lightroom e postou no Instagram não tem nada de casual.

Mas queria muito saber a opinião de vocês, sejam usuários ou não do programa. Será que estou sendo muito “ranzinza” com a forma como os usuários estão utilizando o serviço? Será que estou exagerando ao me sentir enganada quando vejo uma foto lá, que não foi tirada com um aplicativo móvel?

Minha opinião é a de que existem dezenas de sites para utilização como portfólio. Flickr, 500px, blog, fanpage no Facebook e etc. Já o Instagram tem uma proposta diferente. E vocês, o que acham disso tudo?

* Todas essas fotos foram, claro, feitas com um smartphone. Para acompanhar estas e outras fotos das minhas andanças, procure por @amanda_almeida_fotos

 

 

Up